Câmara de Vereadores de Passo Fundo/RS

NOTÍCIA

TRANSPORTE PÚBLICO

Vereadores debatem licitação


Os vereadores participaram, nesta segunda-feira (15), de uma reunião a fim de discutir o edital da licitação para a contratação das empresas que vão realizar o transporte público municipal nos próximos anos. De acordo com o presidente do Legislativo, vereador Patric Cavalcanti (DEM), ainda no mês de abril os parlamentares fizeram emendas ao projeto de Lei que alterava o Marco Regulatório, porém, as mesmas foram rejeitadas em plenário por entenderem que deveriam estar incluídas no edital da licitação, e não na proposta que estava em análise. O secretário de Transporte e Serviços Gerais, Cristian Thans disse que o Executivo se comprometeu em analisar as sugestões de forma prioritária. 
Entre os apontamentos estão: a necessidade da implantação da Bilhetagem Eletrônica; o aumento de segurança nos ônibus (instalação de câmeras de segurança e botão de pânico); a implementação da passagem integrada; a criação de um aplicativo em que seriam disponibilizadas as rotas e horários das linhas; a inclusão de novas bacias e não somente duas como a proposta inicial; a implantação de outorga para que o recurso pudesse ser utilizado em reformas nos abrigos de ônibus; valores diferenciados de passagem em horários de pouco uso, a fim de estimular o uso de ônibus; disponibilização de wi-fii nos veículos; fortalecimento da CODEPAS, inclusive com a possibilidade da empresa assumir a comercialização das passagens; revisão das gratuidades e descontos de meia passagem, inclusive com a possibilidade de um novo cadastramento e a obrigatoriedade das mesmas passar por analise do Conselho Municipal de Transporte;  a utilização de biocombustíveis nos veículos; e, a pista preferencial.
Os vereadores já receberam a informação dos representantes da Matricial de que a Bilhetagem Eletrônica já está prevista e será incorporada de imediato na nova licitação, com prazo para a substituição da frota atual para a nova. A empresa ainda informou que muitas das sugestões são viáveis e poderão ser analisadas para a implementação no edital, porém, outras ainda terão que ser estudadas e analisadas com maior cuidado. Outro ponto levantado foi a necessidade de regulamentar a questão da disposição de ônibus para cortejos, escolas e grupos de idosos, porém, neste caso, se sugeriu a possibilidade de realizar uma licitação à parte. 
Agora as demandas serão analisadas e, em breve, os vereadores serão comunicados sobre como o Executivo encaminhara as demandas. Hoje, estima-se que no mês de agosto o edital esteja pronto e publicado já que o contrato que está em vigor vence em setembro. Participaram do debate os vereadores Patric Cavalcanti (DEM), Alex Necker (PCdoB), Ronaldo Rosa (SD), Claudio Rufa Soldá (PP), Evandro Meireles (PTB), Eloí Costa (PMDB), Rafael Colussi (DEM), Saul Spinelli (PSB) e Renato Tiecher (PSB).