Câmara de Vereadores de Passo Fundo/RS

NOTÍCIA

EDUCAÇÃO

Ronaldo pede a disponibilização de audiolivros para alunos da rede municipal

Os audiolivros são recursos que permitem às pessoas com deficiência visual o acesso a informações contidas em livros convencionais. Muitos títulos já foram gravados e estão disponíveis em CDs, aplicativos e na internet. Buscando a inserção dessa ferramenta nas escolas da rede municipal para potencializar a inclusão educacional, o vereador Ronaldo Rosa (SD) desenvolveu um Projeto de Lei, protocolado nesta semana.

A ideia é que a Prefeitura disponibilize as narrações de livros didáticos e de leitora obrigatória nas salas de aula. “A disponibilização dos audiolivros contribuirá para o acesso à cultura. Sabemos que as escolas possuem dificuldades em ter livros em braile e que as editoras ainda não adaptam todos os títulos para que os deficientes visuais tenham a oportunidade de ler”, destacou o vereador.

De acordo com a proposição, para a aquisição dos audiolivros, é possível que a Prefeitura firme parcerias com instituições de ensino superior que tenham a capacidade para desenvolver as gravações. O vereador acredita que a transformação do projeto em lei não ocasionará gastos públicos. “É notória a existência de previsão orçamentária legal no que diz respeito à aquisição de materiais didático pedagógicos para a rede municipal de ensino. Portanto, a ferramenta em questão não gerará nova despesa”, disse.

Alguns municípios do país já têm uma lei semelhante, que permite que as pessoas com deficiência visual possam estudar e conhecer o mundo através das palavras. Ronaldo acredita que esse projeto, além de beneficiar muitos alunos, vem ao encontro da designação dada a Passo Fundo, conhecida como a Capital Nacional da Literatura.

Foto: Comunicação/Câmara de Vereadores