Saltar o Menu
Logo Camara
Selo 2015

Câmara de Vereadores de Passo Fundo/RS

NOTÍCIA

SESSÃO SOLENE

Ex-vereadores e vereadoras são homenageados na Câmara

Para registrar os 161 anos de emancipação político-administrativa de Passo Fundo, os parlamentares organizaram uma homenagem a ex-vereadores e vereadoras. A Sessão Solene aconteceu na tarde desta quarta-feira (8), reunindo muitas pessoas que contribuíram diretamente com a construção do município.

Para o presidente da Casa, Pedro Daneli (PPS), que falou em nome dos edis desta 17ª legislatura, a solenidade foi um agradecimento de toda a comunidade. Na ocasião, foram homenageadas 79 pessoas que já ocuparam uma cadeira no Parlamento e, com discussões, ideias e propostas, trabalharam pelo desenvolvimento da Capital do Planalto Médio. “Queremos agradecer a cada um de vocês, que, mesmo em tempos difíceis, como o da Ditadura, se mantiveram firmes em suas convicções e determinados a fazer o bem para a cidade, elaborando e votando projetos importantes”, disse.

Vereador durante quatro mandatos seguidos, entre os anos de 1977 e 1996, Ivo Francisco Ferrão falou sobre a importância da solenidade para a valorização do fazer legislativo. “Desde 1977, quando entrei na Câmara, muita coisa mudou. No entanto, o que prevalece é o que significa o vereador. Um vereador não é vereador somente quando está na Câmara. Ele é vereador todas as 24 horas do dia, sendo a primeira pessoa procurada para resolver os problemas da comunidade que representa”, avaliou.

Uma das poucas mulheres que integraram o Parlamento, a ex-vereador Claudia Furlanetto, relembrou os quatro anos em que comandou debates no Legislativo, entre 2012 e 2016, e enfatizou que estar no Plenário é “sempre muito bom e desafiador”. “Agradecemos o reconhecimento. Temos uma avaliação positiva do nosso mandato. Trabalhamos pautas historicamente não trabalhadas por Câmaras de Vereadores, questões de direitos humanos, das mulheres e minorias. A política é cíclica: nós viemos, fazemos, contribuímos aqui e saímos. Mas continuamos contribuindo fora da Câmara, lutando por aquilo que acreditamos”, falou.

O interesse em trabalhar pelo que é definido como bom para a cidade também pode ser transmitido pelas gerações. Filho do ex-vereador Júlio Rosa, Ronaldo Rosa (SD) acompanhou a Sessão Solene, parabenizando a articulação de todas as composições da Câmara para que Passo Fundo fosse tornada destaque em saúde, educação e serviços e considerada a Capital Nacional da Literatura, o berço do Folclore Internacional e também para que ocupasse a sexta posição entre as maiores economias do Estado. “Fico orgulhoso por ter o nome do meu pai lembrado, já que ele foi vereador por 12 anos. É uma forma de, a partir dele dele, lembrarmos de todos os que não estão mais aqui e que deixaram a sua colaboração”, completou.

Desde 1857, a história da Câmara já reúne mais de 400 mandatos, sendo que muitos homens e mulheres foram eleitos para mais de uma legislatura. Essas pessoas, em suas atuações, ajudaram a pensar Passo Fundo e a fortalecer o seu crescimento.

Como aponta Daneli, que soma 20 anos no Parlamento, a Câmara está diretamente ligada com a emancipação do município e o as ações realizadas dentro dela foram fundamentais para as conquistas observadas nesses 161 anos. “A história político-administrativa começou na Câmara de Vereadores. As mãos das pessoas que passaram por aqui foram determinantes para que tivéssemos, hoje, uma cidade de gente guerreira, que é polo em diversos setores e destaque no país”, manifestou.

Fotos: Comunicação/Câmara de Vereadores

Galeria de fotos