Saltar o Menu
Logo Camara
Selo 2015

Câmara de Vereadores de Passo Fundo/RS

NOTÍCIA

TRIBUNA POPULAR

CAU terá sede regional no município

Antes do início da Sessão Plenária desta segunda-feira (15) houve nova edição da Tribuna Popular. Por solicitação do vereador Luiz Miguel Scheis (PDT), o uso da tribuna foi feito durante cinco minutos pelo presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS), Tiago Holzmann da Silva.

O presidente fez uso da palavra para destacar o crescimento do Conselho da profissão no Estado, mesmo estando apenas no oitavo ano de operação. Ele apontou o propósito em aproximar a instituição de entidades de classe e de profissões, como o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de ampliar o diálogo com associações e prefeituras.

Tiago esclareceu que, como parte desta estratégia, o CAU, cuja matriz é instalada em Porto Alegre, instalará escritórios regionais em locais considerados cidades-polo, segundo avaliações do Conselho. Nestas análises, Passo Fundo foi escolhida para sediar uma das filiais programadas para atender a região norte do Estado. “Após estudos feitos, vimos que Passo Fundo contempla as características de ser uma das cidades-polo do Rio Grande do Sul, por ser referência regional em muitos aspectos. Por isso, até o final de 2019 teremos um escritório regional aqui na cidade”, ressalta.

Outras cidades também terão uma filial do CAU, como Pelotas, Caxias do Sul, além de Santa Maria que teve sua sede inaugurada recentemente. Cada uma delas, segundo Tiago, será responsável por atender os municípios de suas respectivas regiões. Ele argumenta que estes escritórios serão incumbidos de gerenciar e fiscalizar os profissionais cadastrados, além de promover a proximidade do Conselho com a população e as instituições públicas. “A nossa ideia é fazer com que as comunidades conheçam melhor o trabalho de nossos profissionais, além de ampliar relações institucionais para fomentar temas de interesse da nossa entidade”, afirma.

O presidente do Conselho ainda salientou que o gerenciamento dos escritórios regionais será viável, já que a entidade conta com conselheiros de todas as regiões do Estado. Logo, não haverá necessidade de deslocamentos de profissionais. Segundo Tiago, a entidade possui cerca de 15 mil arquitetos registrados no Rio Grande do Sul.

 

Fotos: Comunicação Social/Câmara de vereadores

 

Galeria de fotos