Saltar o Menu
Logo Camara
Selo 2015

Câmara de Vereadores de Passo Fundo/RS

NOTÍCIA

GRANDE EXPEDIENTE

Neckle cobra obras de ampliação do aeroporto de Passo Fundo

O Grande Expediente da Sessão Plenária desta quarta-feira (11) teve como orador o vereador Paulo Neckle (MDB). Na tribuna, ele cobrou uma ação de todos para evitar que o município de Passo Fundo perca as verbas destinadas às obras de reforma e ampliação do Aeroporto Lauro Kortz. Ele também falou sobre outros temas de ordem do município e da comunidade.

Ampliação do Aeroporto

Neckle abriu seu espaço comentando sobre alerta emitido pela Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), do Ministério da Infraestrutura. O órgão informou que Passo Fundo corre o risco de perder os R$ 45 milhões disponibilizados para a obra, em razão de que não foram apresentadas as correções de inconsistências nas diferentes versões do projeto básico. A aprovação do projeto básico é condição para que seja autorizada a ordem de serviço para início das obras.

Segundo o vereador, o problema foi gerado pela empresa que ganhou a licitação. No caso, ela teria perdido o prazo para entregar as correções. “Nesta quinta-feira (12) tenho reunião marcada em Porto Alegre com o secretário dos transportes do Rio Grande do Sul, Juvir Costella, para tratar sobre o assunto. Não é possível perder a verba para esta obra tão importante para Passo Fundo e toda a região norte”, destacou Paulo Neckle.

O parlamentar lembrou ainda de todo o trabalho realizado pela Câmara Municipal de Vereadores, através da Frente Parlamentar Mista de Acompanhamento da Reforma e Ampliação do Aeroporto.

Concessão de área ao CRECI/RS

Em seu espaço, Neckle ainda comentou sobre outros temas, dentre eles o Projeto de Lei (PL), de autoria do Executivo, que tramita na Casa, sobre a devolução ao município de área cedida ao Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado do Rio Grande do Sul (CRECI/RS). Ele lembra que seu gabinete, na época da tramitação do projeto que concedia o imóvel à instituição, juntou mais de duas mil assinaturas contrárias à concessão. No entanto, ele considera que a área pode ser bem utilizada em outras obras a partir da aprovação e sanção da matéria que devolve o local ao município. “Só será possível concretizar as reformas do CAIS Petrópolis e da sede dos bombeiros com a devolução do local, pois essas entidades poderão fazer bom uso do espaço”, ponderou.

Atendimento nas agências bancárias

O parlamentar ainda tratou do atendimento ao público nas agências bancárias do município, lamentando o não cumprimento da lei que trata do tempo razoável para atendimento nestes estabelecimentos. O Projeto de Lei (PL) de sua autoria, aprovado e sancionado em 2017 determina que cada pessoa deve ser atendida em até 20 minutos em dias úteis e em até 30 minutos em dias precedentes ou posteriores a feriados. Segundo retornos recebidos pelo vereador de pessoas da comunidade, as agências bancárias não vêm seguindo as normas estabelecidas na legislação, o que rendeu fortes críticas. “Infelizmente, essas empresas não estão se importando com as pessoas, mas sim com seus lucros”, colocou.

 

Foto: Comunicação Social / CMPF

 

 

Galeria de fotos